da ponta dos dedos

.posts recentes

. Clone

. Realidade digital

. California Ruins

. Crescer

. Tomar balanço

. Mais música

. A ilha do pessegueiro

. Abrir horizontes

. Fábula do Peixinho e do S...

. Às Armas

.arquivos

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Segunda-feira, 13 de Março de 2006

Fadinho Simples

Continuando com fado, desta vez deixo-vos com Marta Dias acompanhada por António Chainho. Um fado em tons de soul para nos animar os espíritos.


publicado por Ana Teresa Fernandes às 12:07

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 11 de Março de 2006

Evolução e Orientação

Pois é, agora com nova cara este blog continua a ser escassamente actualizado...


Mas reparem, há um novo link na minha lista, para a FPO. Já há uns anos que tinha curiosidade em experimentar a praticar Orientação (gostos que ficaram do meu tempo de escuteira). Felizmente tive a oportunidade de experimentar o ano passado, e desde aí sempre que posso lá vou eu correr um bocadinho de mapa na mão. Gosto daquela sensação de estar "semi-perdida", só eu e o mapa no meio do mundo. E para mim que gosto muito de viajar, tem ainda a vantagem de ficar a conhecer sítios novos que muitas vezes nunca ia conhecer se não fosse a prova de Orientação.


Acho que nunca tinha ficado tão bem classificada como na prova de hoje. Está certo que era uma prova fácil, mas o meu 7º lugar (em 20 participantes) deixou-me satisfeita. Fica agora a pergunta: para quando uma subida ao pódio? 


publicado por Ana Teresa Fernandes às 20:18

link do post | comentar | favorito

Sábado, 4 de Março de 2006

E Por Vezes

"E por vezes as noites duram meses
E por vezes os meses oceanos
E por vezes os braços que apertamos
nunca mais são os mesmos E por vezes


encontramos de nós em poucos meses
o que a noite nos fez em muitos anos
E por vezes fingimos que lembramos
E por vezes lembramos que por vezes


ao tomarmos o gosto aos oceanos
só o sarro das noites não dos meses
lá no fundo dos copos encontramos


E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se evolam tantos anos"


David Mourão Ferreira


 


(David Mourão Ferreira (1927-1996) foi poeta, ficcionista, ensaísta, crítico literário, dramaturgo, tradutor e professor universitário. Entre um vasto e diverso currículo gostava de realçar que foi responsável, nos anos 60, por programas culturais no rádio e na televisão e foi Secretário de Estado Cultura em vários governos entre 1976 e 1978)


publicado por Ana Teresa Fernandes às 09:18

link do post | comentar | favorito

.eu

.pesquisar

 

.links

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds