da ponta dos dedos

.posts recentes

. Clone

. Realidade digital

. California Ruins

. Crescer

. Tomar balanço

. Mais música

. A ilha do pessegueiro

. Abrir horizontes

. Fábula do Peixinho e do S...

. Às Armas

.arquivos

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Quarta-feira, 27 de Setembro de 2006

Estranha forma de escrita


publicado por Ana Teresa Fernandes às 11:23

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 26 de Setembro de 2006

Outono

Chega o frio e as primeiras chuvas. As folhas secas das árvores começam a inundar as ruas. Chega o Outono. Os dias já começam a ficar mais curtos, a seguir vão ser as camisolas de lã a sair da gaveta. Começam a apetecer os fins de tarde sossegados enquanto se olha pela janela e se bebe um leite com chocolate quentinho. Deixo-vos com um fado para receber esta estação.

A ouvir:
A minha rua
Camané (http://www.camane.em.pt)

PS: Este fado chamou-me à atenção ultimamente, no meio de muitos outros que ouvi recentemente. Porquê este? A sua letra não é particularmente bonita, a sua melodia não excepcionalmente elaborada. Porém, a verdade é que este fado puxou-me para dentro dele como nenhum dos outros. Inundou-me e deixou-me ansiosamente à espera do Verão para "pôr a rua a meu jeito". Não sei bem o que este fado tem para ter em mim tal efeito, mas não posso esquecer, é claro, que tem a voz quente do Camané a cantá-lo.


publicado por Ana Teresa Fernandes às 23:35

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Setembro de 2006

Jogo

Outono - folhas secas
Folhas secas - vento
Vento - tempestade
Tempestade - copo de água
Copo de água - copo de vinho
Copo de vinho - uvas
Uvas - outono


publicado por Ana Teresa Fernandes às 09:36

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 11 de Setembro de 2006

Lisboa continua intrigante

Tejo

de Sophia de Mello Breyner Andresen
in Musa, Caminho, 1994
 Foto de autor desconhecido, Arquivo Fotográfico de Lisboa

publicado por Ana Teresa Fernandes às 21:12

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 4 de Setembro de 2006

Regressos

Setembro é tempo de regressar: regresso a casa, ao trabalho, ao ir e vir diário, regresso à realidade.
O "Regresso às Aulas" inunda a publicidade como que num aviso. As férias acabam-se e há que voltar às rotinas, aos velhos hábitos que durante as férias despimos.

Durante os breves dias de férias é nos oferecida liberdade para irmos para onde quisermos, fazermos o que nos apetecer, estarmos com quem preferirmos. É esta última possibilidade que me custa mais a abdicar agora.
Agora que regresso, custa-me dizer adeus aos que ficaram longe, que não, não posso ir, não pode ser, não posso estar, quando queria tanto ir, ser e estar. Quando sinto tantas saudades deles quando estou longe. Quanto custa dizer que não a quem se quer bem?
É disso que sinto falta neste regresso, não poder passar o dia inteiro com aqueles que trago comigo no coração todo o dia. Desabituei-me, estas férias, de dizer "adeus" e "até logo".  Infelizmente tenho um ano inteiro para me voltar a acostumar.

PS: E é assim, aqui estou eu de regresso também ao blog. Não queria deixar no ar um fim tão pessimista. Para além de tudo o que é mau num regresso de férias, ao mesmo tempo voltei cheia de energia e de vontade de escrever. Vamos ver o que o Setembro nos traz.


publicado por Ana Teresa Fernandes às 23:35

link do post | comentar | favorito

.eu

.pesquisar

 

.links

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds