da ponta dos dedos

.posts recentes

. Clone

. Realidade digital

. California Ruins

. Crescer

. Tomar balanço

. Mais música

. A ilha do pessegueiro

. Abrir horizontes

. Fábula do Peixinho e do S...

. Às Armas

.arquivos

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Sexta-feira, 9 de Setembro de 2005

Mariza

 

Apesar de ter andado ocupada com a tese não fiquei sempre em casa. Na terça-feira fui ver o concerto da Mariza nos jardins da Torre de Belém.


Há muito tempo que tinha vontade de ir a uma noite de fados ou a uma casa de fados e esta foi uma excelente oportunidade de ouvir Fado ao vivo. Se calhar ainda mais "típica" do que numa casa de fados no Bairro Alto provavelmente cheia de turistas. Belém foi invadida por lisboetas de todas as idades, com alguma ânsia de cultura e pouco dinheiro, que aproveitaram esta borla para ver a diva do fado moderno.


O concerto foi excelente. Uma mistura de fados antigos, demais conhecidos, os êxitos da Mariza e outros também dela mas mais desconhecidos. Um dos que me chamou à atenção foi este "Montras" que ela cantou depois do típico "Maria Lisboa". Gostei da actualização pois a verdade é que Lisboa já não é uma varina de chinela no pé. Aqui fica este fado que fala sobre esta cidade que tanto me intriga.

 

Mariza
Montras


publicado por Ana Teresa Fernandes às 17:13

link do post | comentar | favorito

.eu

.pesquisar

 

.links

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds